Homenagem aos esquecidos

                                               Catarina Berra - 27/11/2003

 

Muitas homenagens foram feitas aos pais dos portadores de deficientes, merecidamente é claro. Mas hoje eu quero fazer uma homenagem especial aos "ESQUECIDOS".

Aqueles que sempre ficaram em segundo plano. Os que se sentiram e se sentem rejeitados. Os que cedo tiveram que amadurecer e compreender o que não compreendiam, que tiveram que crescer antes do tempo. Aqueles que tiveram que guardar os seus problemas, pois o do outro era mais importante, ou mais urgente. Aqueles que se sentiram mal amados. Os que tiveram de abrir mão de grande parte dos cuidados dos pais. Os que tiveram perdida parte de sua infância e adolescência. Aqueles que foram obrigados a dar prioridade ao outro. Os que muitas vezes tiveram de abdicar de seus direitos.

Aqueles que se revoltaram, e foram repreendidos duramente com um "você tem de entender". Os que têm de ter sempre paciência, bancar o forte enquanto fraco. Aqueles que apesar de tudo amam, ajudam e defendem os seus irmãos portadores de deficiência e acima de tudo, se alegram com suas vitórias.

Minha homenagem especial e sincera aos maravilhosos irmãos de portadores de deficiência. Em meu nome, e de todo os pais de portadores de deficiência, peço perdão a vocês... nós os amamos muito,

mas esperamos que vocês...nos compreendam.