Q u e r i a

Queria...
Poder embrenhar meus dedos em seus cabelos,
sentindo a maciez deles em minhas mãos.
Poder sentir sua boca, em minha boca,
num beijo ardente e louco.
Sentir seus braços a me enlaçarem,
cheios de calor e paixão.
Sentir seu corpo quente,
cheio desejo, de encontro ao meu,
desejando mais e mais amor.
Ofegantes...
Sem pensar em mais nada,
Nos entregarmos um ao outro,
Numa junção de energias perfeitas.
Depois...
Suas mãos acariciariam delicadamente meu rosto,
eu recostaria minha cabeça em seu peito, e embalada
pelo pulsar de seu coração, suavemente adormeceria.

                              Muriel Elisa Távora Niess Pokk
                                                  
Poesia registrada em cartório