Coração inconformado

Muriel E T N Pokk  - 1991

Brigamos, briga boba, terminamos.

Falei a todos que te esqueci.

Nunca mais nos encontramos.

Nunca mais um e-mail teu recebi.

Meu coração inconformado,

Não parava de reclamar:

- Não pode tudo estar acabado,

Vamos à aquela praia  voltar.

- Voltar à praia coraçãozinho?

Perguntei ao impertinente.

- Quem sabe seu amor esteja sozinho,

Disse-me ele todo contente.

Sem pensar em mais nada,

Na nossa praia, fui te procurar.

Mas, te vi de mão enlaçada,

Um rapaz na boca beijar.

Regirado em cartório