INCONFORMISMO

                                       Muriel Elisa Távora Niess

Devia estar contente

Devia estar feliz,

Mas existe a semente

Daquilo que sempre quis.

 

Onde é que está agora

As brincadeiras de menina?

Que brincava a qualquer hora

Quando eu era pequenina.

 

Onde está o sonho

Do amor que eu sonhei?

Onde a ilusão eu ponho,

Dos sonhos que imaginei.

 

Onde ponho todo amor

Que eu tenho para dar?

Alguém me diga, por favor,

Onde devo colocar.

- 1970 -

Registrado em cartório